domingo, 21 de junho de 1992

Em canto

Menina
Desejo de uma mente
Que, em sentimentos se faz presente
E em sonhos se faz futuro.
Tão simples, tão soberana
Com sua beleza imponente
Machuca um ego que se humilha
E que partilha todos os seus dias
Na luta pelo seu ideal divino.
E como um menino, que segue sua professora
Me fascino ao som da sua voz.
Teus olhos correm apressados
Fugindo de um encontro com os meus
Encontro este inevitável
Que um dia se fará amor
E talvez por ter tanta certeza
Que um dia estaremos unidos
E que apenas te contemplo
E te faço o ar que respiro.
Roberto / Junho de 92

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...