sexta-feira, 12 de junho de 1992

Grito

É grito
Grito alto
Nem tentem me impedir
Se estou louco
Tente me reprimir
Há um prisma para cada um
E os lados mostram mundos diferentes
Grito e vocês não me ouvem
Suas audições são muito aquém
É preciso algo mais
Que simples ouvidos humanos
Para escutar o meu grito.
Mundo que fizestes aos corações!
Já não chegam as casas
Tens de fazê-los de pedra também.
Multidão, quais são os teus passos
Passam despercebidos por certo
São vocês autômatos que não sabem pensar.
E eu grito
Não importa se não ouvem
E muito pra quem vive tão pouco
Grito, fico rouco
E muito pra vocês
Grito...

Roberto 12 / 06 / 92

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...