domingo, 21 de junho de 1992

Momentos ao vento

Onde andarão os momentos
Que como fumaça se perderam no céu
Folha a folha o fogo destruindo
Eram as palavras se queimando
Era o meu coração se partindo.
E os balões que passavam
Em mais uma noite de são João
Com suas cores cada vez mais apagadas
Misturavam-se a fumaça
Que aos poucos levavam as palavras.
Tantos anos de sentimento
Que agora desaparecem
Se perdem ao vento.
Se foram as palavras
De volta para a inspiração
Que de outro sonhador desabrochem
Com muito mais emoção.
Se foram os momentos
Os momentos de ilusão
Ficou a realidade
De uma noite fria de são João.
Roberto /92

1 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...