domingo, 21 de junho de 1992

O tudo

Um dia de sujeiras
Onde o mais vivo
Devora o imbecil
Um dia de sonhos
Onde o mais acordado
Acaba com o poeta
Um dia de amor
Onde o mais frio
Derrota o sentimentalista
Um dia de conquistas
Onde o mais fraco
Fulmina o gladiador
Um dia de sol
Onde o mais sujo
Enegrece o horizonte
Um dia de tudo
Onde o mais vazio
Vence e não ganha nada.
Roberto /92

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...