sexta-feira, 24 de julho de 1992

Fuga

Pingo a pingo vão caindo
Gotas de sentimento
Pouco a pouco vão enchendo
De tristeza um coração.
Em saber que está se consumindo
Um amor sem ser aproveitado
E para que te ter tão perto
Se sou alguém a mais numa agenda,
Pra que viver realidades frias
Basta-me a noite para gelar meus dedos
E se tenho medo
E porque você me assusta
Com seus passos calculadamente planejados,
Peças de um jogo
Onde a vitória é um vazio
Não consigo entender
As regras desta disputa
Se não há vencedores
Porque haver luta
Não serei tão desportista
Se o importante é competir
Sem chances, não sou eu
Quem vai querer insistir.

Roberto 24 / 07 / 92

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...