segunda-feira, 27 de julho de 1992

Luz

O pensamento gira
E cada dia está mais confuso
O mundo diz que não
O coração insiste em afirmar
Sinto-me em uma encruzilhada
Onde os caminhos parecem iguais
Sem saber qual é o certo
Sento-me e começo a pensar
Penso, penso, penso
E o meu tempo vai passando
Não encontro nenhuma pista
Que me diga com clareza
Que aquele caminho é o certo.
E o tempo passa
Rápido e soberano
Atrás dele vão os sentimentos
O amor, o carinho, a saudade
Se distanciam de mim
Me deixam ali sentado
Pensando, perdendo tempo
Sem saber se já não é tarde
Resta apenas uma esperança
Uma luz bem pequena no fim da estrada
Brilhando sempre sozinha
Iluminando uma caminhada
A luz divina, força suprema
É o meu Deus nesta jornada.

Roberto 27/07/92

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...