quarta-feira, 29 de julho de 1992

Pintura apagada

Quero te pintar em meu quarto
Arranjo pincéis e tintas multicores
Como começar é o problema
Tento unir o que sinto
Com o que vejo em você
Rabisco o meu esboço
Ele me parece tão real
Um pouco de luz aqui
Um pouco de sombra mais ali
E pouco a pouco toma forma
Um pensamento tão nítido.
Mexo as minhas tintas
A procura de um tom ideal
É inútil não consigo
Nada me parece natural
E com um pincel, de preto rabisco
Linhas e traços no teu rosto
Vão sumindo tuas curvas
Vai desaparecendo meu esboço.
E percebo que é em vão
Nunca te farei tão perfeita
Prefiro te ver em meus pensamentos
Que te reproduz tão original
Que chego até ficar confuso
Qual dos meu dois mundos
É o meu real.

Roberto 29/07/92

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...