sábado, 8 de agosto de 1992

Contradições

Há um vazio no ar
Uma ausência que não posso explicar
Mas o pensamento que é constante
Não te acha tão distante assim.
E mesmo sem tua presença
Tua voz se faz presente
E não somente nas musicas
Mas também em palavras soltas
A ausência não justifica
O vazio que está em mim
Mesmo com sua presença
Não estás tão presente assim
E em contradições
Que confundem os mais distantes
Penso em ti a todo instante
E engano a mim mesmo.
Mas, é melhor a ilusão de sentimentos
Do que não ter momentos
e não sentir que a vida
Só se faz sentido
Quando posso te encontrar
Mesmo que seja
Em meu único e solitário
Mundo de contradições.

Roberto 08 / 08 / 92

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...