segunda-feira, 21 de setembro de 1992

Pedaços Perdidos

Se o pouco que havia
Fosse cuidado e regado
Muito mais seria seu.
Mas destruindo aos poucos
Não lhe restarão nem cicatrizes.
É um pedaço que cai
A cada novo contato
São relíquias perdidas
São atos e não fatos.
Não consigo entender
Como o vinho se torna água
Ainda se fosse o contrário!
Estou sozinho
Mas vou ficar sozinho
A continuar pensando
Fui tudo!
Sou nada!

Roberto /92

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...