terça-feira, 9 de fevereiro de 1993

Absurdo

Se tivesse que escrever
O que você é para mim
Na certa não seria
Tão fácil com palavras
Pois uma mistura de letras
Não é o suficiente
Para dizer o que sinto
É como se tivesse
Que parar o tempo
Segurar cada minuto
Ser senhor absoluto
Do ar que te rodeia
Misturar os pensamentos
Não escrever coisa nenhuma
Ficar sem sentido
Pra você não entender
Talvez dizer te amo
Ou quem sabe, odeio você
Só sei que eu sinto
E isso ninguém precisa saber.


Roberto 09 / 02 / 93

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...