sábado, 10 de abril de 1993

Caindo aos pedaços

Um Amor assim
Não há razão de ser
Um amor pra mim
Tinha que ser você.
E o encanto que era tanto
Devagar vai se esvaindo
Vai minguando, vai sumindo.
É preciso que algo aconteça
Pra esse amor não morrer,
Não há razão pra cultivar,
Um amor pra você
Depois não me diga
Aquilo não era amor
Não durou por muito tempo
Isto é certo
E poderia ter dado certo
Lá no fundo eu tinha certeza
Amor como este guardado
Ficará assim
Até que alguém o mereça.


Roberto 10/04/93

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...