quarta-feira, 14 de abril de 1993

Horizonte

Deusa de um universo perdido
A musa de um poema abstrato
Nada mais, nada menos
Algo assim tão perfeito.
É estranho te amar
Te encontrar desse jeito
Será que é preciso
Forçar mais que um sorriso
E depois então
Forjar uma situação.
Ah! Deusa menina
Nem imaginas o que eu faria
Se algum dia
Recebesse algo sincero
E eu espero
Que esse dia não seja cruel
Que me tire da agonia
E que você um dia
Seja pra mim um verdadeiro céu.

Roberto 14 / 04 / 93

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...