sexta-feira, 11 de junho de 1993

Erro

Uma procura perdida
Momentos desperdiçados
Um sentimento quase perfeito
Aos poucos é deixado de lado
E vai ficando um vazio
Que não pode ser explicado
Algo que insiste
Em não querer ser preenchido
Algo que deseja viver
E não apenas ser vivido
Acho que tudo foi errado
E erros são fatais
As vezes podem ser corrigidos
Outras vezes
Não se corrigem jamais
E o meu erro foi gostar
Talvez um pouco demais
E agora pra quê chorar
Se é apenas uma lágrima a mais.


Roberto 11 / 06 / 93

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...