quinta-feira, 9 de setembro de 1993

Trilhas

Procurando por alguém
As emoções já desgastadas
Por ilusões tão vulneráveis
Que se perdem a um só olhar.
São passos despercebidos
Que já não seguem um caminho
Perdem-se em meio a trilhas
Tentando encontrar um destino
São tantos os obstáculos
Que chego a me desesperar
Choro pra tentar me esconder
Me escondo, pra ninguém me ver chorar.
E perdido nesta aventura
Onde feras querem me devorar
Desarmado apenas fujo
Não sei onde vou chegar
Talvez chegue em você
Talvez nem queira chegar
Quem sabe te ame muito
Se você deixar-se amar.
Roberto 09/09/93

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...