segunda-feira, 18 de outubro de 1993

Pesadelo

Adormecido em um peito
A espera do grande dia
Uma realidade encoberta
Na certa fica vazia.
E desaprendi a amar
Você me fez ficar assim
Quero aprender tudo de novo
Que tal você ensinar pra mim.
E neste pesadelo confuso
Que parece não ter mais fim
Vão passando os meus dias
Semanas, meses enfim.
E tenho medo de acordar
Pelo menos desse jeito
Tenho você tão perto
Mesmo que este pero
Seja pesadelo pra mim.

Roberto 18 /10/93

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...