terça-feira, 26 de setembro de 1995

Conteúdo abstrato

Tanto pra dizer, tanto pra ouvir
Emoções pra serem sentidas
Minutos que são deixados de lado
Desperdiçados em algo tão banal
Há um pouco de você em cada gesto
Em cada lembrança, muito de seu mundo
Em cada rosto um pouco de sua imagem
Há uma saudade sem razão aparente
Um presente que lembra o passado
Uma certeza que insiste em duvidar
Um carinho, uma ternura, um olhar
Um momento que sei, será eterno
Uma espera que me deixa tão deserto
Um vazio que agora é preenchido
Um abraço, um beijo, um sorriso
Um receio que tudo se evapore
Um desejo que implode ao seu toque
Um amor que talvez se acomode
Uma verdade que insiste em ser escondida
Uma lágrima que teima em ser derramada
Um tudo, uma você, um nada.

Roberto 26/09/95

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...