quinta-feira, 25 de janeiro de 1996

Minuto de procura

Quando em minha vida te encontrei?
Uma vez que procurava sem cessar
Ia a extremos de uma vida
Não podia jamais imaginar que
Haveria de te encontrar
Aqui tão perto do meu olhar
E te desejava a cada minuto
Em cada instante do meu dia
E era como já existisses
E foste minha e eu não sabia
E agora em meus dias és real
E nada, nem um mal
Poderá agora nos separar
Pois agora és o meu universo
Que de tão maravilhoso
Faz-me deslumbrar
E te amo a cada momento
E cada momento é pouco
Pra te amar.

Roberto 25/01/96

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...