quarta-feira, 28 de janeiro de 2004

Menos que nada

A magia que tem o teu olhar
Nunca mais vai me afetar
Nem que meu coração venha sangrar
Uma lágrima meu rosto molhar
Resistirei sem desabar
Buscarei algo de valor.
Como de valor são meus sentimentos
E não são teus momentos
Que podem me destruir
Sou forte como sempre
E sei que não vou fugir.
Queria só entender
Porque tem de ser assim
Tanta luta para nada
Tanto amor pra um coração mesquinho
Tanto carinho por uma ambição
Tanto eu pra pouco você.

Roberto 28/01/04

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...