quarta-feira, 30 de janeiro de 2008

Sempre brilharás


Quanto tempo sem te ver,
Sem sentir teu perfume,
Sem fitar teus olhos,
Sem o calor de teus abraços,
E o que é que eu faço agora,
Para te ter novamente aqui,
Será que é preciso perder tanto,
Abdicar de sonhos e fantasias,
Para te ter aqui para sempre assim,
Presença de constantes ausências,
Menina, mulher que fascina,
Mulher, menina que encanta,
Há um desejo que é real,
Um receio que é natural,
Medo de não te ter por inteira,
E mesmo que tudo seja verdade,
Que os pedaços estejam quebrados,
E que os remendos não fiquem perfeitos,
Haverá sempre em pedestal,
Para que brilhes de qualquer jeito.

01/2008

2 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...