quinta-feira, 6 de novembro de 2008

Imagens tua

Olhando tuas fotos
Pensei, pra que elas servem?
São inúteis pedaços de papel
Não refletem e nem poderiam
A tua imagem real,
Você é mais que tudo isso que vejo agora
Mais que simples contornos frios
Mais que pelos dourados ao sol
Mais que cabelos esvoaçantes
Mais que sorrisos fotográficos,
Pensei em rasgá-las
Mas seriam pedaços de mim rasgados
Guardo então as tuas imagens
Talvez elas sejam mesmo você
Estáticas e frias
Manuseadas de mão em mão
E no fim jogadas em um canto qualquer.

Roberto 06/11/2008

1 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...